Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

General-comandante do Exército é internado

Eduardo Villas Bôas, de 66 anos, foi internado em hospital em Brasília para 'procedimentos médicos'

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2018 | 14h42

BRASÍLIA - O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, de 66 anos, foi internado em um hospital da rede privada em Brasília para realização de "procedimento gástrico eletivo" nesta quarta-feira, 25, segundo informações obtidas no Exército, que não deu mais detalhes. 

O general recebe alta no mesmo dia e retorna às atividades na quinta. Villas Bôas enfrenta uma doença degenerativa e atualmente está usando cadeira de rodas. 

Villas Bôas causou polêmica no início de abril, quando usou seu Twitter para questionar o cenário político do País. A mensagem foi escrita dias antes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser condenado e preso pela Operação Lava Jato. Na ocasião, ele escreveu: “Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”

Alguns interlocutores admitiram, na ocasião, que a manifestação do comandante era um recado direto às tentativas de mudarem entendimento legal para favorecer o ex-presidente Lula, mas tentaram descartar uma ameaça ou pressão sobre o Supremo Tribunal Federal. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.