Geddel diz que Itamar perderá de qualquer jeito

O líder do PMDB na Câmara, Geddel Vieira Lima (BA), disse que a ala governista do partido derrotará o governador de Minas, Itamar Franco, independentemente do tamanho do colégio eleitoral que votará nas prévias destinadas a escolher o candidato à sucessão presidencial, marcadas para 20 de janeiro. "O Itamar a gente derrota como sempre derrotou: no voto", afirmou o líder, para quem a decisão da cúpula do PMDB de restringir o colégio eleitoral não é política, mas sim técnica. " O PMDB não tem condições práticas para realizar prévias com 100 mil pessoas como quer o governador de Minas. Sairia desmoralizado", disse. Ele rebateu argumentos do grupo de Itamar, afirmando que "quem ganha com 100 mil ganha com seis mil pessoas". E, na sua opinião, se Itamar Franco tivesse "cacife político", ganharia em qualquer circunstância. "Itamar está sendo convidado a participar de qualquer prévia, se é que ele tem condições de ganhar alguma coisa", ironizou o líder, ao ser indagado sobre a possibilidade de o governador mineiro desistir da disputa, caso a Executiva Nacional aprove a redução do colégio eleitoral das prévias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.