Garotinho vai trocar PMDB pelo PR no dia 22

O ex-governador do Rio Anthony Garotinho foi ontem a Brasília para formalizar sua decisão de trocar o PMDB, do qual era presidente regional, pelo PR. A filiação ao novo partido está marcada para o próximo dia 22. Garotinho, que já tinha definido a decisão como "pragmática" e não "ideológica", deixou claro que sua escolha foi motivada pelo favoritismo que o governador Sérgio Cabral tem no PMDB para concorrer à reeleição, o que atrapalharia seus planos de se candidatar em 2010.Garotinho deixa o PMDB depois de sete anos na legenda. Ontem, em Brasília, ele entregou uma carta ao presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (SP), licenciado da direção da sigla, e à presidente em exercício do partido, deputada federal Iris Rezende (GO). No texto, ele repisa a frustração de vencer as prévias, mas ter a legenda negada para disputar a eleição presidencial de 2006 e expõe como motivação de sua saída o rompimento com Cabral, que diz ter ajudado a fazer sucessor de Rosinha. "Infelizmente este sucessor, contrariando as teses defendidas durante o processo eleitoral, fez o PMDB se desviar do caminho", escreveu Garotinho, queixando-se do fim de seus programas sociais controversos e criticando medidas polêmicas do atual governo, como muros cercando favelas. "Não posso concordar com os rumos que o PMDB está tomando no Estado do Rio. Não quero compactuar com o retrocesso", atacou Garotinho, deixando críticas indiretas também ao prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), aliado de Cabral A assessoria do governador informou que ele não comentaria os ataques de Garotinho. Nos últimos meses, Cabral tentava impedir a saída de Garotinho do PMDB. O governador lidera as pesquisas de intenção de voto, mas a candidatura de Garotinho pode dificultar seus planos.Prestes a entrar para um partido da base governista, Garotinho mantém, de forma mais amena, sua crítica a Lula, outro desafeto, mas agora faz elogios à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, abrindo caminho para apoiá-la em 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.