Garotinho tem suspensos seus direitos de resposta no Globo e na Veja

A desembargadora Maria Augusta Vaz, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, suspendeu no início da noite desta Sexta a decisão da 18ª Vara Cível do Rio de Janeiro, que concedeu direito de resposta a Anthony Garotinho no jornal O Globo.A desembargadora Maria Augusta lembrou também que a situação, neste momento, não põe em risco "o bem da vida" e que é preciso dar oportunidade à parte contraditória de fazer suas alegações.Também hoje o desembargador José Mota Filho, da 7ª Câmara Cível do TJRJ, suspendeu, provisoriamente, os efeitos da decisão do juiz Carlos Eduardo Moreira da Silva, da 31ª Vara Cível do Rio, que havia concedido o direito de resposta de Garotinho na revista Veja. A decisão tem validade até a próxima terça-feira.As informações são do site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.