Garotinho reafirma intenção de ir à convenção

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, em greve de fome há dez dias, reafirmou sua intenção de comparecer à convenção do PMDB, no próximo sábado, onde se decidirá a candidatura do partido à Presidência da República. Garotinho fez um pronunciamento da janela da sede do PMDB para os manifestantes do partido que se concentram na em frente ao prédio, no centro do Rio. Ele frustrou as expectativas de que encerraria o protesto e voltou a atacar a imprensa e governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Sei que fizeram uma campanha para impedir minha candidatura. Ele não nos vencerão. Vamos à convenção do PMDB (no próximo sábado, dia 13). Estou lúcido o suficiente para saber quem são os inimigos do povo brasileiro. Estou disposto a dar a minha vida para derrotá-los", disse Garotinho. O ex-governador falou para um público estimado, pelos líderes do PMDB do Rio, em 5.000 pessoas, a maioria veio do interior para a capital em ônibus fretados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.