Garotinho espera deslanchar em dezembro

O governador do Rio de Janeiro e presidenciável pelo PSB, Anthony Garotinho, disse hoje em São Paulo acreditar que sua candidatura irá deslanchar em dezembro, quando o programa eleitoral gratuito de seu partido for exibido em cadeia nacional. Segundo pesquisa da CNT/Sensus, divulgada na última segunda-feira, Garotinho tem 2,3% das intenções de votos no levantamento espontâneo e 7,6% na pesquisa estimulada. "Vou fazer um programa que vai mostrar os projetos que tenho desenvolvido no Rio de Janeiro. Não vai ser uma superexposição porque eu não tenho o mesmo tempo de TV que ela (Roseana Sarney -PFL, governadora do Maranhão)", afirmou.Na mesma pesquisa Roseana ficou em segundo lugar, atrás apenas do petista Luiz Inácio Lula da Silva. Garotinho atribui o crescimento da governadora do Maranhão nas pesquisas à "uma campanha inteligente feita pelo PFL" que colocou Roseana como a estrela do programa. "Eu não sei se vou ser a estrela do meu programa porque não tenho esta bola toda. Ela é muito bonita, tem o charme dela", brincou.O governador carioca afirmou ainda que vai "batalhar" para convencer a ex-prefeita Luiza Erundina (PSB) a sair na chapa como sua vice. "Para mim, ter a Erundina como vice seria uma beleza. Ela é paulista, nordestina e mulher", afirmou. No caso da recusa de Erundina, que sistematicamente vem reforçando sua vontade de ser reeleita deputada federal, Garotinho afirmou que o PSB vai procurar outros nomes dentro da própria legenda. No entanto, uma coisa é certa: "o vice será paulista", disse ele, que participou nesta quinta-feira do programa "Em Questão", da TV Gazeta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.