Garotinho diz que Saturnino está "magoado"

O governador do Rio, Anthony Garotinho (PSB), disse nesta segunda-feira que as declarações do senador Roberto Saturnino Braga (PSB-RJ) sobre a saída do parlamentar do diretório nacional do partido, motivada pelo fortalecimento do governador dentro da legenda, "são fruto de alguém que está magoado porque, no diretório nacional, sua posição foi amplamente derrotada". "Existem dois candidatos: eu e o Capiberibe (João Alberto Capiberibe, governador do Amapá). Não vejo o porquê dessa agressão gratuita que ele me faz. Afinal de contas, foi o meu esforço e de outros milhares de companheiros que fizeram dele, um suplente de vereador, se tornar o senador mais votado da história do Rio de Janeiro", disse Garotinho. O governador também criticou a afirmação do senador de que seria um "oportunismo eleitoreiro" a busca de votos entre os evangélicos. Ele disse que, durante a última campanha eleitoral, encontrou Braga na porta de igrejas evangélicas pedindo votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.