Garotinho diz que PT está instalando o stalinismo no País

O secretário de Segurança, Anthony Garotinho, acusou hoje o PT de instalar o "stalinismo" no Brasil, ao comentar as pressões da executiva nacional do PSB para que o ex-governador deixe de lado as críticas ao governo federal. "Eu estou defendendo o programa de governo que o ministro Roberto Amaral escreveu para mim, contra os juros altos, a taxação dos inativos. Quem mudou foi o PT e o PSB está querendo mudar junto. Eu não quero. Eu não vou aceitar que o PT instale o stalinismo no Brasil: discordou, expulsa. Discordou, pune. Que democracia, é essa?", disse o secretário, após dar posse a 1,1 mil novos policiais civis.Garotinho confirmou que está mantido para amanhã o ato Acorda, Lula, antes que seja tarde, marcado para as 10h nas escadarias da Assembléia Legislativa. "Eu não vou me calar. Eu sou Garotinho mas não vou aceitar puxão de orelha desse jeito", afirmou.Segundo o ex-governador, 63 ônibus vindos do interior do Estado são esperados na manifestação. Ele disse ainda que não sabe quem pagou pelos outdoors espalhados pela cidade, chamando a população para o ato. "Vai ver que foi alguém infeliz com a política de juros", ironizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.