Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Garotinho diz estar com saudades do PDT

Expulso do PSB, o ex-governador do Rio e atual secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho, disse que sente "saudades do PDT", partido do qual também foi expulso em 2000. Garotinho disse que, pelo menos, no PDT, foi submetido a um conselho político que analisou seu caso e teve amplo direito de defesa. Já no PSB, o ex-governador disse estar sendo vítima "de um grupo de extermínio formado por Renato Casagrande, Beto Albuquerque e Eduardo Campos", referindo-se aos deputados federais integrantes da executiva nacional que são favoráveis à expulsão de Garotinho.Garotinho esteve hoje na Justiça Federal, onde conversou com o juiz responsável pelo caso dos fiscais de renda, acusados de corrupção e remessa ilegal de dólares para o exterior. O secretário de Segurança acertou com o juiz que será testemunha do juízo, não atuando nem como testemunha de defesa, nem de acusação. Garotinho deverá depor na próxima terça ou quarta-feira.

Agencia Estado,

03 de julho de 2003 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.