Garotinho acusa governo de perseguição e terrorismo

O governador do Rio, Anthony Garotinho (PSB),divulgou nota no início da noite desta terça-feira para criticar a decisão da Advocacia-Geral da União (AGU) de protocolar nesta quarta-feira no SuperiorTribunal de Justiça (STJ) uma interpelação contra ele.Na nota, o governador diz que o governo federal está fazendo ?perseguiçãopolítica e terrorismo fiscal contra adversários políticos?.?Está mais do que comprovado que se trata de uma perseguição política, porque, apesar do amplo noticiário, até hoje a ?GarotinhoEditora Gráfica? sequer foi notificada pela Receita Federal e nenhuma providência foi tomada para que os responsáveis pelovazamento das informações da Receita fossem punidos. Usar um órgão público para fazer terrorismo fiscal contra adversáriospolíticos é inadmissível. Se o governo federal quiser mostrar sua isenção, que abra sindicância na Receita?, diz a nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.