Garimpeiros negociam extração em reservas indígenas

Representantes dos garimpeiros de Rondônia estiveram há pouco no Ministério de Minas e Energia. Eles foram recebidos pelo secretário de Minas e Metalurgia, Gilles Carriconde. Na reunião, os garimpeiros se manifestaram contra a minuta de decreto - em avaliação pelo governo federal - que pode limitar o direito de extração mineral em reservas indígenas somente aos índios. "Se sair só para índio, vai haver derramamento de sangue. Não tem Exército, Marinha ou Polícia Federal que dê jeito", afirmou o representante da União Nacional dos Garimpeiros e Mineradores do Brasil, Washington Campos, à Agência Brasil. Os garimpeiros tentam uma audiência no Ministério do Trabalho para entregar documentos, que supostamente comprovam aexistência de contratos com os índios da etnia cinta-larga, na reserva indígena Roosevelt. Há uma semana, a Polícia Federal resgatou 29 corpos de garimpeiros na área. Eles foram mortos em confronto com os índios, na Semana Santa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.