Garimpeiro é baleado em Serra Pelada

Três pistoleiros abriram fogo contra ônibus que levavam garimpeiros para Serra Pelada, no sábado, e mataram o garimpeiro Manoel Batista de Oliveira. Cerca de 2 mil colegas dele devem fazer hoje um protesto. Serra Pelada vive um confronto entre um interventor, indicado pelo ministro Edison Lobão, e um grupo rival ligado a Sebastião Rodrigues de Moura, o Curió, antigo líder do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.