Garibaldi garante que Orçamento será votado hoje

O presidente do Senado, Garibaldi Alves, garantiu que submeterá à votação, em sessão conjunta do Congresso marcada para as 15 horas de hoje, o projeto de lei do Orçamento para 2008. Questionado a respeito do risco de não haver deliberação por causa da decisão anunciada pelos partidos de oposição, na noite de ontem, de se manterem em obstrução, Garibaldi afirmou que " o Parlamento é a casa dos representantes do povo. Não é a casa dos representantes do governo, nem a casa dos representantes da oposição. Todos são representantes do povo".Ao ser questionado sobre a potencial mudança no clima do Senado desde a noite passada, Garibaldi Alves falou que a casa "precisa trabalhar em ordem". "Ontem, o que se viu, em determinado momento, foi desordem e desordem não constrói. Vamos votar, sim", reafirmou, segundo informação da Agência Senado.Em sessão tumultuada, que se estendeu até a madrugada de hoje, o Senado Federal aprovou a medida provisória (MP) 396, que amplia os poderes da estatal de energia Eletrobrás, e também a medida provisória que cria a TV Pública. Na votação da MP da TV Pública, a bancada oposicionista se irritou com a manobra do líder do governo no Senado, Romero Jucá, para acelerar os trabalhos. Com a saída da oposição, a votação da MP da TV Pública foi rápida, mas poderá gerar dificuldades com o governo, nas próximas negociações com a oposição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.