Garibaldi diz ter apoio de Sarney para concorrer ao Senado

Atual presidente do Senado, Garibaldi diz que dispõe de seis pareceres jurídicos que amparam sua candidatura

da Redação

07 de janeiro de 2009 | 13h49

O presidente do Senado,  Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), disse nesta quarta-feira, 7, que tem o apoio do senador José Sarney para disputar a reeleição ao cargo em fevereiro, segundo a Agência Senado. Embora a Constituição não permita o segundo mandato de presidente no curso da legislatura, Garibaldi voltou a afirmar que dispõe de seis pareceres jurídicos que amparam a sua candidatura.   " Na parte jurídica, encontro-me numa situação bastante confortável, diante dos pareceres jurídicos que tenho. E quanto à questão política, claro, eu me mantenho candidato e tenho ouvido do senador José Sarney que ele está apoiando minha candidatura", disse à rádio Senado.   Garibaldi assumiu um mandato tampão de pouco mais de um ano, com a renúncia de Renan Calheiros  em 2007 após suspeitas de irregularidades. O petista Tião Viana, do Acre, está na disputa que elegerá o novo presidente da Casa no dia 2 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.