Garibaldi diz que MP da TV pública é votada na quarta-feira

MP perde a validade no dia 21; presidente do Senado diz que é preciso 'esforço' para votá-la

EUGÊNIA LOPES, Agencia Estado

10 de março de 2008 | 16h54

O presidente do Congresso, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), disse nesta segunda-feira, 10,  acreditar que a medida provisória (MP) que cria a TV pública seja votada pelo plenário do Senado na quarta-feira à tarde. A MP perde a validade no dia 21. Sobre a possibilidade de a medida caducar por falta de votação, Garibaldi afirmou: "Risco, há sempre; tem de ter esforço para votá-la."  Sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará o uso irregular cartão corporativo , que deve ser instalada na terça, ele admitiu que demorou tempo demais para que começasse a funcionar. "Mas eu, como artista, já fiz a minha parte nesta novela. Agora, é hora de trabalhar", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Tv Pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.