Garcia nega que PT tenha desistido da presidência da Câmara

O presidente interino do PT, Marco Aurélio Garcia, afirmou nesta terça-feira que o partido não desistiu de disputar a presidência da Câmara dos Deputados. Segundo ele, a pretensão da bancada é legítima. "Eu apenas mencionei, na segunda, que como o PT tem 83 deputados e integra um governo de coalizão, não pode eleger um presidente da Câmara sozinho e terá que conversar com os aliados", afirmou.Garcia disse ainda que também não há qualquer restrição para que o PTB e o PL integrem o conselho político do governo de coalizão. "O presidente Lula recebeu tanto parlamentares do PTB como do PL, que ainda não tomaram a decisão formal sobre integrar o governo de coalizão. Mas não há qualquer restrição de nossa parte", afirmou. Questionado se não haveria constrangimento em relação a participação no conselho do presidente do PTB, Roberto Jefferson, responsável pelas denúncias do esquema do mensalão Garcia desconversou. "Isso é um problema interno do PTB". Na prática, porém, o governo não quer que Jefferson integre o conselho e nos bastidores trabalha para que ele deixe a presidência do partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.