Garcia espera aprovação das contas de Lula no TSE

O presidente do PT, Marco Aurélio Garcia, se diz otimista em relação ao julgamento da prestação de contas da campanha de reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), marcado para a noite desta terça-feira. "As contas já foram aprovadas pelo procurador, com ressalvas, e a expectativa é de que sejam aprovadas, ainda que com ressalvas. Mas não quero criar constrangimentos nem antecipar minha opinião", disse o petista, depois de participar do ato de filiação do senador Augusto Botelho (RR), que deixou o PDT para ingressar no PT. Sobre a instalação do Conselho Político do governo pelo presidente Lula, Garcia procurou dar uma conotação mais técnica que política à primeira reunião, que será realizada nesta quarta. Ele também procurou afastar as especulações de que o encontro servirá para discutir a participação dos partidos no governo e a eleição dos presidentes da Câmara e do Senado. "Não estamos trabalhando, nem no PT nem nos outros partidos, sobre a metragem dos partidos no governo. Amanhã, o presidente vai conversar coletivamente com os partidos. Esse é um processo de construção cuidadosa e prudente." Na sua avaliação, o primeiro encontro servirá para estabelecer normas de funcionamento e a agenda de trabalho para "fazer do Conselho um instrumento de debate e enfrentamento de tarefas" a serem encaminhadas pelo presidente Lula. Garcia reforçou a candidatura do deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) à presidência da Câmara. Ele afirmou que tanto o petista quanto o deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), que disputa a reeleição, são "nomes excelentes". "Os partidos terão o bom senso para escolher que aquele que representa mais. A candidatura de Chinaglia não significa antagonismo à de Aldo", concluiu. Além do PT e do PC do B, o PMDB também reivindica o comando da Câmara. Amanhã, a bancada peemedebista se reunirá para discutir o assunto, mas não deve indicar o nome do candidato. A idéia é adiar essa decisão para se chegar a uma candidatura única.

Agencia Estado,

12 Dezembro 2006 | 20h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.