Garcia diz que redução do PT no governo não preocupa

O presidente interino do PT, Marco Aurélio Garcia, afirmou que não preocupa o partido a intenção manifestada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva de diminuir o espaço da legenda no Executivo. Nesta quinta-feira, o presidente Lula declarou que o PT já tem a presidência da República e que essa já é uma boa representação. Garcia disse que sempre declarou que o governo é de coalizão e que todas as forças que o apóiam devem participar do Executivo. Garcia, deixou nesta manhã a reunião da bancada do PT (atual e dos eleitos) na Câmara, para discutir a conjuntura política e as prioridades da bancada. O petista disse que uma das grandes conquistas na eleição foi a mobilização de forças políticas em torno do presidente Lula. "Espero que estas energias que se mobilizaram para eleger o presidente sejam capazes também de contribuir na execução do programa de governo", afirmou.Para Garcia, não será ruim para o PT ter uma menor representatividade no governo, no próximo mandato. "Ruim para o PT é se nós tivéssemos um governo sem programa, sem orientação. Nós temos um governo com programa e com orientação. E o PT terá aquela participação que merece. Acho que será uma boa participação", disse.No discurso de abertura da reunião com a bancada, Garcia defendeu uma relação mais estreita dos parlamentares petistas com o partido e com o Poder Executivo. Na avaliação que fez aos deputados, ele disse que o processo eleitoral trouxe resultados positivos para o PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.