Garcia: Argentina e Uruguai abrem roteiro de Dilma

O assessor de Assuntos Internacionais do Palácio do Planalto, Marco Aurélio Garcia, confirmou hoje que a presidente Dilma Rousseff iniciará pela Argentina e pelo Uruguai uma série de viagens internacionais do seu primeiro ano de governo. A viagem aos países vizinhos ainda não tem data fechada, mas deve ocorrer até o próximo mês. Em fevereiro, Dilma também estará no Peru, onde participará da Cúpula América do Sul e Países Árabes.

LEONÊNCIO NOSSA, Agência Estado

03 de janeiro de 2011 | 18h41

A presidente pretende ainda visitar a Bulgária, em uma viagem com caráter sentimental, mas somente no verão europeu, ou seja, entre julho e setembro. O pai de Dilma era búlgaro. Em setembro ela deverá abrir a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Marco Aurélio informou também que a presidente pretende fazer viagens aos Estados Unidos e à China ainda este ano. Até o momento, ela recebeu convites de viagens de 50 países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.