Fuzileiros que irão ao Haiti se apresentam ao comandante

Os 230 fuzileiros navais que integrarão as forças de paz brasileiras no Haiti apresentaram-se nesta sexta-feira ao general-de-brigada Américo de Oliveira Salvador, que comandará a tropa. A cerimônia ocorreu no Comando da Divisão Anfíbia, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, e teve a presença do chefe do Estado-Maior de Defesa, general Rômulo Bini Pereira. Os fuzileiros vão integrar o contingente de 1.200 soldados que embarcam para o Haiti no próximo dia 28.Nos últimos dois meses, o grupo treinou de acordo com as exigências da ONU e foram submetidos a exames de saúde e imunizados contra hepatite A e B, febre amarela, difteria e tétano, meningite meningocócica A e C, febre tifóide, sarampo e rubéola. Para apoiar o grupamento, serão levados para o Haiti 47 veículos, entre carros blindados, caminhões e jipes. O material foi inspecionado e aprovado pela ONU no último dia 17.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.