Funcionários federais protestam em várias frentes no RS

Funcionários públicos federais em greve protestaram em pelo menos três frentes no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira. Policiais federais fizeram operação-padrão das 12 horas às 15 horas no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Durante o período, foram vistoriados documentos e bagagem de todos os passageiros que embarcaram em três voos nacionais e dois internacionais. Houve formação de filas no saguão.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

09 de agosto de 2012 | 19h09

Um avião da Aerolíneas Argentinas decolou para Buenos Aires com um hora de atraso, enquanto um voo da Gol saiu para Montevidéu com quase duas horas de atraso. Todos os demais voos ficaram próximos dos horários. Antes da operação-padrão no Salgado Filho, outras chegadas e saídas do terminal gaúcho haviam sofrido atrasos causados por manifestação semelhante em Curitiba. Três voos que saíram ou fizeram escala na capital paranaense chegaram com pelo menos uma hora de atraso à capital gaúcha durante a manhã. Como consequência, as aeronaves também decolaram com atrasos semelhantes para suas viagens posteriores.

Nas ruas - Integrantes de diversas categorias promoveram passeata pelas ruas de Porto Alegre e um ato público diante do sede da superintendência da Receita Federal na capital gaúcha durante a manhã. Outro grupo, de servidores de instituições de ensino federais do sul do Estado, bloqueou a BR-392, entre Pelotas e Rio Grande, por uma hora, durante a tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
greveservidoresRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.