Funcionários do Refer protestam no Rio

Trabalhadores acusam ministro e deputado de estarem por trás de troca da direção do fundo

Marcelo Auler, O Estadao de S.Paulo

05 de março de 2009 | 00h00

Ferroviários e metroviários fizeram ontem uma manifestação no centro do Rio para protestar contra a anunciada troca da diretoria da Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social (Refer), fundo de pensão da categoria. Na semana passada, a tentativa frustrada do PMDB de mudar a direção da Fundação Real Grandeza, responsável pelo fundo de pensão das estatais Furnas e Eletrobrás, também provocou polêmica.Os trabalhadores da Refer afirmam que o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e o deputado federal Valdemar Costa Neto, ambos do PR, estariam por trás da tentativa de substituir o atual presidente do fundo, Marco André Marques Ferreira, por Alexandre Júlio Lopes de Almeida, que seria ligado ao partido. A atual diretoria tem mandato até 2011. Durante a manifestação, o presidente do Sindicato dos Empregados em Previdências Privadas do Rio, Aristóteles da Silva Arueira, associou as tentativas de mudanças das diretorias dos fundos ao interesse de políticos do PMDB e do PR de fazer caixa partidário pensando nas eleições de 2010. A tentativa de trocar o presidente da Refer foi feita por um ofício do Ministério dos Transportes, em 17 de fevereiro. O ministro apontou motivos técnicos e alegou que o presidente Marco André Marques Ferreira foi nomeado apenas interinamente.Roberto Souza e Geraldo de Castro Filho, dois dos três conselheiros eleitos para o Refer, afirmaram que Ferreira foi escolhido interinamente para o conselho deliberativo do fundo, mas que não existe interinidade no cargo de presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.