Funcionários do BC entram em greve por reajuste de salário

Pelo menos metade dos funcionários do Banco Central estão parados nesta quarta-feira, 28, segundo estimativas do presidente local do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC, Paulo Tarso Calovi.Eles querem equiparar os salários de nível superior, hoje na média de R$ 7 mil, com os ganhos dos auditores da Receita Federal, em torno de R$ 10 mil. Segundo ele, a categoria teve apenas 10% de reajuste em 2005 e nada mais de lá para cá, apesar de a equipe econômica ter liberado aumentos de até 40% no ano passado para outras categorias. Por esta razão os funcionários decidiram pela paralisação por 24 horas, em Brasília e nos nove Estados em que o banco tem sucursais.Calovi disse que só no final da tarde terá uma avaliação precisa do movimento, depois de assembléia prevista para 16 horas na porta principal do banco. A assessoria do Banco não se manifestou sobre a paralisação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.