Funcionários da TV Cultura podem parar

Depois de um piquete e duas assembleias ontem, uma às 12 horas e outra às 16 horas, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo decidiu que, a partir de segunda-feira, parte dos empregados da rádio e TV Cultura pode entrar em greve. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Cultura informa que vai se pronunciar oficialmente hoje, dia em que também tentará uma conciliação com os funcionários. O protesto refere-se ao não-cumprimento do acordo coletivo, que determinou 5,83% de reajuste e 35% de abono salarial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.