Funcionários da Santa Casa de Jacareí iniciam greve

Um grupo de 380 funcionários da Santa Casa de Jacareí, no Vale do Paraíba, iniciou uma greve por tempo indeterminado na manhã desta sexta-feira. Enfermeiros, auxiliares e funcionários da manutenção do hospital reivindicam o pagamento do 13º salário. Segundo a direção da Santa Casa o bônus não foi pago aos funcionários por falta de dinheiro. Apesar da greve dos funcionários contratados pela regime da CLT, os médicos continuam trabalhando. "Apoiamos a greve mas continuamos atendendo", disse o vice-diretor clínico, Carlos Raes. O provedor da Santa Casa, Ricardo dos Santos Médici não quis dar entrevistas, mas em nota oficial informou que a greve não está comprometendo o atendimento à população e que os enfermeiros em greve prestam auxílio nos casos de emergência. Ele esteve reunido com o prefeito de Jacareí, Marco Aurélio de Souza (PT) na manhã de hoje, mas a situação não foi resolvida. Parte dos funcionários permaneceu acampada em frente ao hospital durante todo o dia, com faixas de protesto e anúncio da greve. "Estamos aqui para pedir que seja cumprido o direito dos trabalhadores, mas a Santa Casa afirma que não tem dinheiro", disse o vice-presidente do sindicato da categoria, César Manoel de Oliveira. Diariamente a Santa Casa atende cerca de 400 pessoas, inclusive vítimas de acidentes na via Dutra. Neste ano, segundo a direção do hospital, foram 120 mil atendimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.