Funcionários da RFFSA se acorrentam contra extinção da Rede

Quatro funcionários da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), se acorrentaram nesta quarta em frente ao Palácio do Planalto para protestar contra a extinção da empresa, que está em processo de liquidação pelo governo. Fernando Alfano, Paulo Henrique do Nascimento, Alberto Bouchardt e Marcelo Nery, todos de Minas Gerais, querem que a Rede seja transformada em autarquia especial e a volta dos trens de passageiros no País.Eles pedem ainda uma audiência com o presidente Luís Inácio Lula da Silva para apresentar suas reivindicações. Alfano, que é presidente da ONG "Movimento Amigos do Trem", informou que a entidade pretende fazer uma manifestação em Brasília no próximo dia 15.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.