Funcionários da Funai ficam três dias reféns de índios no MS

Dois funcionários da Fundação Nacional do Índio (Funai) que eram feitos reféns há três dias pelos índios guaranis caioás, no município de Juti (MS), foram libertados. Jonas Rosa e José Nairton chegaram a ser pintados pelos índios, que mantém o bloqueio de uma estrada no sul do estado. A tribo quer a construção de uma escola dentro da aldeia. As informações são da TV Globo.

Agencia Estado,

02 Outubro 2003 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.