Funasa anuncia primeiro caso de aids em indígena neste ano

Médicos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa ) anunciaram nesta sexta-feira a identificação do primeiro caso de aids deste ano na Reserva Indígena de Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações do pólo regional da instituição, desde 2005, quando foi iniciado o monitoramento da doença na reserva, foram registrados 10 casos de soropositivos e cinco óbitos em conseqüência da aids.Mais de 120 toneladas de alimentos estão sendo distribuídas pela Polícia Rodoviária Federal, em 34 aldeias indígenas de Mato Grosso do Sul. O superintendente-regional da PRF, Valter Aparecido Favaro, explicou que a medida foi adotada em caráter de urgência, "diante das notícias envolvendo desnutrição da população indígenas, sobretudo de crianças". São 36.202 quilos de feijão, 60.700 quilos de farinha de mandioca e 26.150 quilos de leite em pó, para 17 mil índios. Somente este ano, já foram quatro mortes de crianças na reserva por desnutrição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.