Funai é condenada a indenizar mulher apedrejada no PR

A Fundação Nacional do Índio (Funai) foi condenada a pagar indenização a uma mulher cujo veículo foi apedrejado por indígenas que estavam na sede do órgão em Londrina (PR). Eles faziam uma manifestação contra o decreto federal que determinou a extinção das representações da Funai no Estado do Paraná.

EQUIPE AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 18h43

A Funai foi condenada ao pagamento de ressarcimento de despesas médicas, no valor de R$ 1.305,13, de pensão vitalícia mensal no valor de três salários mínimos, além de indenizações por danos morais de R$ 350 mil e por danos estéticos, de R$ 100 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
FunaiindenizaçãoPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.