Frente fria deixa o céu encoberto em SP

Novembro começou com uma frente fria que mudou o tempo no Estado de São Paulo, aumentando a nebulosidade e a probabilidade de pancadas de chuva, segundo o meteorologista da empresa Climatempo Alexandre Nascimento. Esse sistema se afasta rápido do litoral paulista, mas deixa o tempo abafado, com períodos de sol e de chuva nos próximos dias. Temperaturas mais altas só a partir de quarta-feira, quando a máxima chega a 28 graus na capital. As mínimas seguem estáveis nas madrugadas e uma nova frente já está sendo esperada para o fim da tarde de sexta-feira. Hoje as temperaturas oscilaram entre 18,8 e 23,9 graus, segundo Instituto Nacional de Meteorologia.O clima de outubro ficou dentro do normal, conforme o Inmet. O instituto não registrou nenhum recorde de temperatura e as médias das mínimas e das máximas apresentaram pouca diferença dos índices históricos. A média das mínimas foi de 15,8 graus e, das máximas, de 24,8 graus. O padrão é de 15,2 e 25,1 graus, respecitivamente.O volume de chuva na estação do Mirante de Santana, na zona norte da cidade, marcou 97,4 milímetros, contra o índice normal de 133,6 milímetros no mês. Das oito frentes frias que passaram pelo Estado de São Paulo, nem todas trouxeram muito ar frio, mas desenvolveram nebulosidade e umidade na maior parte do mês, determinando que 17 tardes tivessem máximas abaixo da média. A menor temperatura do mês foi de 10,7 graus, na madrugada do dia 7. A maior, 32,3 graus, ocorreu no dia 9. No ano passado, a média das mínimas ficou um grau mais quente e, das máximas, um grau e meio. O volume de chuva foi de sete milímetros abaixo do padrão. A mínima, de 11 graus, ocorreu no dia 16 e, a máxima de 33,7 graus, no dia 5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.