Frente defende deputados radicais do PT

A Frente Parlamentar e de Entidades em Defesa da Previdência Social Pública decidiu redigir uma moção de apoio aos deputados petistas Lindbergh Farias (RJ), João Batista de Araújo (PA) e Luciana Genro (RS) e à senadora petista Heloísa Helena (AL), na tentativa de evitar que eles sejam expulsos do partido. Esses parlamentares, considerados radicais no PT, estão sob pressão da ala majoritária do partido por causa de suas críticas à reforma da Previdência e ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva. "Temos passado por uma situação extremamente difícil no PT", disse a senadora Heloísa Helena, que chorou durante a reunião da Frente. "Minhas lágrimas são de tristeza, mas não de medo", afirmou. O coordenador da Frente, senador Paulo Paim (PT-RS), declarou que as entidade representadas na reunião devem apresentar uma proposta alternativa para o projeto governamental de reforma da Previdência, com o objetivo de impedir a taxação dos servidores públicos inativos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.