Freire quer que FHC se posicione sobre ACM

O presidente do PPS, senador Roberto Freire, pediu hoje ao presidente Fernando Henrique Cardoso que cobre do senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) as denúncias que fez a três procuradores, para não restringir um posicionamento apenas por parte do Congresso Nacional. "É preciso um posicionamento da República", disse o senador, ao sair da audiência com o presidente, no Palácio da Alvorada. Segundo Freire, o PPS está preocupado com a possibilidade de aprofundamento da crise política. "Viemos dizer que o governo precisa, através do presidente da República, não adotar aquilo que ele tinha falado, de se calar por conveniência", afirmou o senador, referindo-se à "ética da responsabilidade", defendida recentemente pelo presidente Fernando Henrique. "Acredito que o senador Antônio Carlos excedeu-se e, portanto, não cabe ao governo e nem ao presidente da República utilizar a ética da responsabilidade. Tem que haver uma resposta", concluiu o senador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.