Freire não comenta crise com Brizola

O presidente do PPS, senador Roberto Freire, afirmou que pretende discutir hoje com o comando político da campanha do pré-candidato pelo partido à Presidência da República, Ciro Gomes, a pré-convenção da Frente Trabalhista (PPS, PDT e PTB) que será realizada em Brasília na quinta-feira. O senador se recusou a comentar a informação de que o presidente do PDT, Leonel Brizola, estaria irritado com ele, por conta de sua resistência à composição de aliança com o PFL. "Isso não colabora com o fortalecimento da Frente", afirmou Freire. Embora já tenha admitido a possibilidade de abandonar a presidência do partido, Freire não quis comentar também a existência de uma eventual crise na Frente Trabalhista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.