Frei Betto deixará o governo em dezembro

O assessor especial da Presidência da República,Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, deixará o governo em dezembro, confirmou hoje a assessoria dele.Frei Betto entende que já concluiu a sua tarefa na área social e que o seu tempo de Brasília já acabou. Ele pretende, no entanto, a dar uma assessoria pessoal, de caráter informal, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.Frade dominicano, ele nasceu em Minas Gerais há 59 anos. Foi preso pelo regime militar em 1969 quando era dirigente da juventude Estudantil Católica. Tornou-se um dos grandes amigos de Lula quando atuava no ABC paulista e começaram as greves lideradas pelo então líder dos metalúrgicos. Publicou 49 livros, no Brasil e no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.