Franca tem disputa acirrada entre Sidnei Rocha (PSDB) e Gilson de Souza (DEM)

Campanha ficou tensa nos últimos dias com troca de acusações, panfleto apócrifo e denúncia na polícia

Rene Moreira, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2016 | 09h01

Franca - Os candidatos Sidnei Rocha (PSDB) e Gilson de Souza (DEM) disputam neste domingo, 30, os votos de 230 mil eleitores de Franca em meio à muita disputa. Nos dias que antecederam as eleições as trocas de acusações entre os grupos partidários aumentaram e viraram caso de polícia.

Panfletos foram apreendidos nos quais a imagem do candidato do DEM aparece ao lado do ex-prefeito da cidade Gilmar Dominici (PT) e de outros petistas, caso da ex-presidente da República Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula (PT). O problema é que eles não fazem parte da coligação de Gilson de Souza, que denunciou o caso, assim como o PT.

Abstenção. Nas urnas a expectativa neste segundo turno é reduzir a ausência. Dos mais de 230 mil eleitoires com direito a voto em Franca, apenas 184.127 votaram no primeiro turno, totalizando abstenção de 20,6%.

Mais conteúdo sobre:
PSDBDEMPTDilma RousseffLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.