Fragata brasileira chega ao Líbano para liderar frota da ONU

Navio com 300 militares participa de primeira missão marítima brasileira internacional de paz.

BBC Brasil, BBC

14 de novembro de 2011 | 08h48

Uma fragata da Marinha brasileira é aguardada nesta segunda-feira no porto de Beirute para reforçar as operações da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Unifil, na sigla em inglês).

A fragata União é equipada com helicóptero e leva cerca de 250 militares brasileiros. A embarcação brasileira será o principal navio de uma frota internacional que conta ainda com três navios alemães, dois de Bangladesh, um grego, um turco e um da Indonésia.

O navio brasileiro leva um destacamento de mergulhadores de combate e outro de fuzileiros navais, responsável pela segurança do navio.

A missão brasileira, de 8 meses, começou oficialmente em fevereiro, quando o contra-almirante brasileiro Luiz Henrique Caroli assumiu o comando da Força Tarefa Marítima (MTF, na sigla em inglês), a unidade marítima da Unifil. É a primeira vez que militares brasileiros participam da frota marítima de uma força de paz.

A Unifil atualmente monitora a fronteira entre Líbano e Israel e ajuda o governo libanês a evitar a entrada de armas ilegais no resto de suas fronteiras.

A MTF patrulha águas da costa libanesa para evitar a violação do embargo de armas imposto ao Líbano, além de treinar a Marinha do país.

A força foi criada por uma resolução do Conselho de Segurança da ONU em 2006.

A Unifil, criada em 1978 para supervisionar a retirada das tropas de Israel do território do Líbano após a crise entre os dois países, conta atualmente com mais de 12 mil militares de 37 países. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.