Fotógrafo é agredido por segurança de vizinho de Maluf

O repórter-fotográfico do jornal Folha de S. Paulo, Marcelo Min, foi agredido enquanto fazia plantão na porta da residência do ex-prefeito Paulo Maluf, na Rua Costa Rica, nos Jardins. A confusão começou quando seguranças de uma casa vizinha a de Maluf implicaram com o carro de reportagem da Folha que queria estacionar em uma vaga livre. Min começou a fotografar o segurança que discutia com o motorista do jornal. Ao mesmo tempo, outro segurança da casa, chamado Marcelo, foi se aproximando do fotógrafo com as mãos para trás onde escondia um cassetete de ferro. Inesperadamente e sem motivo algum começou a desferir violentos golpes contra a cabeça do repórter-fotográfico, que tentou inutilmente se defender e acalmar o segurança, que só foi contido pelo seu próprio colega. Em seguida os dois entraram na casa.Marcelo Min foi socorrido pelo resgate do corpo de bombeiros e levado ao Pronto Socorro do Hospital São Paulo, onde levou 6 pontos na cabeça. O segurança Marcelo foi detido pela Polícia Militar e levado ao 15º. Distrito Policial. Os repórteres estão de plantão em frente a casa de Paulo Maluf pelo fato de o Ministério Público Federal ter pedido à Justiça a prisão do ex-prefeito. Segundo a delegacia, Marcelo pode ser indiciado por tentativa de homicídio e, como foi preso em flagrante, pode permanecer na prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.