Foto em maço de cigarros adverte contra doenças

O ministro da Saúde, José Serra, candidato do PSDB à Presidência, disse nesta sexta-feira que a obrigatoriedade das embalagens de cigarro exibirem fotos de pessoas em situações que enfatizam o risco do produto para a saúde ?é o começo do fim de uma batalha iniciada há dois anos?. A lei entrou em vigor nesta sexta-feira.Segundo ele, o governo tem agora de ?endurecer? no combate ao contrabando de cigarros que, entre outras coisas, impede o aumento do preço do maço, porque estimularia a procura do que entrou ilegalmente no País. ?O cigarro contrabandeado é mais barato e até mais perigoso por conter substâncias desconhecidas?, justificou.Serra convocou entrevista coletiva para falar das novas regras para as embalagens. A intenção da ofensiva, conforme destacou, é impedir que, a cada hora, continuem morrendo no Brasil oito pessoas por doenças provocadas pelo hábito de fumar. ?Daí porque precisarmos insistir na prevenção?, argumentou.O ministro explicou que a nova estratégia, de tentar chocar as pessoas com fotos e frases sobre os males do fumo, deve funcionar como uma terapia de choque dirigida sobretudo aos jovens. ?É uma forma de desestimular o hábito de fumar?, previu. Serra disse que 90% dos fumantes se viciam a partir dos 19 anos. Os fabricantes que não respeitarem as regras na confecção das embalagens ficam sujeito a penas que podem ir de notificação e multas de R$2 mil a R$1,5 milhão até a proibição da venda de cigarro.As fotos e as frases selecionadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) referem-se a problemas de saúde associados ao fumo, como câncer de pulmão e da boca, infarto do coração, impotência sexual e bebês abaixo do peso. O ministro disse que a lei também impede a classificação do cigarro em ?suave, moderado e light?.Ele exibiu maços de cigarros recém-adquiridos já adaptados às novas regras e, bem-humorado, comentou a respeito da foto em que um casal aparece na cama: ?Está aqui um sujeito desconsolado?. O maço trazia o alerta de que ?fumar causa impotência sexual?. A expectativa do ministério é que a campanha alcance os mesmos índices obtidos no Canadá, onde foi adotada há um ano e meio.Nesse período, de acordo com a pesquisa da Sociedade Canadense do Câncer, 38% dos fumantes largaram o vício motivados pelas ilustrações dos maços. Destes, 21% desistiram de acender um cigarro ao se lembrarem das imagens e 43% dos entrevistados afirmaram estar mais conscientes dos malefícios causados pelo fumo.José Serra informou que o número de fumantes aumentou no Brasil nas classes sociais que tiveram aumento da renda nos últimos anos, especialmente jovens e mulheres. Segundo ele, estatísticas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que há 30,6 milhões de fumantes no País, sendo 2,4 milhões entre 15 e 19 anos. Outra estimativa mostra que 90% do câncer de pulmão é causado pelo cigarro, que também é a causa de um terço do aparecimento de outros tipos de câncer.O pai de José Serra se encaixaria num desses casos. O ministro disse que ele morreu de câncer no estômago, depois de passar anos enfrentando problemas cardíacos causados pelo hábito de fumar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.