Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Foto de Eike careca deixa internautas em dúvida

Divulgação de imagens do empresário no presídio Ary Franco, no Rio, movimenta redes sociais

Gilberto Amendola e Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2017 | 23h54

RIO - Quando as fotos do empresário Eike Batista no presídio Ary Franco, no Rio, começaram a ser divulgadas na redes sociais, uma dúvida assolou milhares de internautas: Eike teve o cabelo raspado ou, simplesmente, uma suposta peruca confiscada pela polícia?

A resposta quem dá é o próprio empresário durante uma entrevista em 2010 à jornalista Marília Gabriela, na TV Cultura. Na ocasião, a entrevistadora afirmou que muitas pessoas tinham reparado no “topete novo” que o empresário exibia. Sem fugir da pergunta, Eike respondeu: “Tricosalus! É um tratamento capilar revolucionário”.

Sim, Tricosalus! Representantes da clínica não foram encontrados para comentar, mas reportagens da época informam que o tratamento, que pode ter custado mais de R$ 35 mil, consistia no uso de vapor de ozônio, laser, esfoliações à base de jojoba e a aplicação de fios. 

A foto, no entanto, suscitou brincadeiras até mesmo entre familiares de outros presos. Uma pessoa, que preferiu não se identificar, jurou até ter tocado a suposta peruca, que estaria nas mãos de policiais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.