Fórum Social termina com texto de Veríssimo

Um texto do escritor Luís Fernando Veríssimo, especialmente escrito para a ocasião, será lido amanhã na cerimônia de encerramento do Fórum Social Mundial, em Porto Alegre. "Será uma homenagem ao encontro", disse Carlos Tibúrcio, da comissão organizadora do evento, reafirmando que não haverá um documento final que congregue as idéias e propostas do Fórum Social. "Não sei o porquê dessa obsessão por um documento", afirmou Tibúrcio, sobre os recorrentes boatos de que a coordenação teria mudado sua decisão inicial, de não compilar um texto final, e estivesse preparando um documento. Segundo ele, cada um dos movimentos sociais, ONGs e grupos participantes do Fórum têm total liberdade para divulgar o documento que quiserem. O Fórum das Autoridades Locais, que reuniu mais de uma centena de prefeitos e vice-prefeitos, e o Fórum Parlamentar Mundial aprovaram documentos finais que serão lidos na cerimônia de encerramento do evento. Às 9h desta terça-feira, o Fórum Social abre a solenidade de encerramento do evento, que tem término previsto para às 11h. Até o final da tarde de hoje, a coordenação não tinha concluído o levantamento final sobre o número de participantes. Já sabia, porém, que 16.000 pessoas preencheram o cadastro para receberem notícias futuras do Fórum, além dos delegados, convidados e parlamentares.De acordo com a coordenação, 1.800 profissionais de imprensa do País e do exterior acompanharam as atividades da reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.