Fórum Social Mundial define temas e muda de lugar em 2005

Já foram escolhidos os 11 temas dos debates do Fórum Social Mundial (FSM) que acontece de 26 a 31 de janeiro em Porto Alegre. Os principais, selecionados entre 1.861 sugestões feitas pela Internet, são "Paz, desmilitarização e luta contra a guerra, o livre comércio e a dívida" e "Direitos humanos para um mundo justo e igualitário". "Só esses dois temas tiveram, juntos, aproximadamente 800 sugestões, vindas de todo o Brasil e dos mais distantes países", disse o representante do Conselho Internacional do evento, Cândido Grzbowski. Uma novidade trazida da versão indiada do FMS promete movimentar os freqüentadores: é a mudança de lugar dos eventos, que sairão do Centro de Eventos da Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS) onde foram realizados nas edições de 2001, 2002 e 2003, e irão para a Usina do Gasômetro, Parque Maurício Sirotsky Sobrinho e Anfiteatro Pôr-do-Sol, ao longo da Avenida beira-rio. Outra idéia de inspiração indiana que será aproveitada em 2005 é substituir os megashows por ações culturais descentralizadas, nos próprios locais de debates.A decisão de transferir o centro de discussões também trará outra vantagem ao FSM, pois gerará uma economia de R$ 1,7 mil em aluguel. O FSM 2005 terá um orçamento de aproximadamente US$ 5 milhões e deverá gerar US$ 60 milhões em negócios. Cândido Grzbowski calcula que evento deverá ter aproximadamente 150 mil participantes de 170 países. O Fórum 2005 terá o português, francês, inglês e espanhol como idiomas oficiais, além de tradução para o árabe, mandarim, russo, hindi, japonês, quéchua, coreano, tailandês, italiano e alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.