Fórum Nacional de Prefeitos homenageia José Dirceu

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, fez um longo e emocionado discurso ao ser homenageado pelo seu aniversário no Fórum Nacional de Prefeitos e Prefeitas do PT, no Hotel Nacional. Ele conclamou a militância do partido a enfrentar a aliança de forças políticas que enfrentou na campanha que elegeu Luiz Inácio Lula da Silva presidente da República, em 2003. Essa aliança, segundo o ministro, ?sonha com a paralisia do governo, a divisão do núcleo político do governo e até divergências entre as Forças Armadas e ogoverno.?Ele foi muito aplaudido pelos prefeitos, por três ministros e pelo presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), além de parlamentares e militantes do partido. O ministro começou o discurso fazendo referência às suspeitas de que teria negócios irregulares com o ex-assessor do Palácio do Planalto Waldomiro Diniz: ?Na verdade,gostaria de falar o que não posso falar, vou deixar para falar daqui a 15, 30 dias. Quero colocar pingos nos is. Não vou deixar sem respostanada, mas não é o momento adequado.?Ouvido atentamente por cerca de 300 pessoas, que cantaram ?Parabéns pra você?, Dirceu disse que foi ?muito duro? enfrentar a situação. Afirmou que as críticas dos oposicionistas a ele são uma forma de anteciparem a disputa eleitoral de 2004 e pediu empenho dos petistas, porque, segundo ele, o resultado das eleições de 2004, poderá antecipar a campanha da sucessão presidencial de 2006. ?Estamos vivendo a reconstrução da aliança que nos enfrentou (em 2003). Sonham em nosderrotar em 2004.?Sobre as associações que a oposição faz de seu nome ao caso Waldomiro Diniz, que foi filmado extorquindo bicheiros antes de trabalhar na CasaCivil, Dirceu declarou: ?Eu vou superar isso, podem ter certeza. Quero falar da minha inquebrantável determinação de continuar servindo ao Brasil e ao presidente Lula, seja em que cargo for.?O clima do encontro deixava evidente que se tratava de um ato de apoio de petistas ao ministro: painéis de cerca de três metros de altura com grandes fotos de Dirceu da época em que era líder estudantil cobriam paredes do auditório e de alguns corredores do hotel. A legenda das fotos era:: ?Uma vida inteira lutando pelo Brasil e pelo povo brasileiro.?Em seu discurso, Dirceu defendeu a aliança do governo com o PMDB e disse não entender ?a sanha? dos que a criticam. Afirmou também que o governo é ?criticado injustamente? por não ter localizado ainda os corpos dos militantes do PCdoB que morreram nos confrontos com as Forças Armadas no Araguaia. ?A questão do Araguaia volta na boca dosque nunca defenderam a resistência armada à ditadura?, afirmou o ministro. Ele disse que o presidente Lula está ?consolidando atransição democrática?. Do presidente do PT, José Genoino, o ministro recebeu de presente deaniversário uma gravata. Genoino afirmou que o encontro era ?uma festa de companheiros e companheiras? para Dirceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.