Fortunati se isola em 1º em pesquisa em Porto Alegre

Uma pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta-feira pelo jornal Zero Hora mostra o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), candidato à reeleição, com 11 pontos porcentuais de vantagem sobre a deputada federal Manuela D''Ávila (PC do B), pelo placar de 41% a 30% das intenções de voto na modalidade estimulada. Essa é a maior diferença verificada entre os dois concorrentes desde o início da corrida eleitoral pela prefeitura da capital gaúcha.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

12 Setembro 2012 | 11h34

Ao contrário de sondagens anteriores, incluindo a feita por outros institutos de pesquisa, desta vez não há empate técnico. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. Em relação à pesquisa anterior do Datafolha, Fortunati, que tinha 36%, subiu cinco pontos porcentuais, enquanto Manuela, que tinha 32%, caiu dois pontos porcentuais.

O candidato do PT, Adão Villaverde, terceiro colocado, se manteve com 7% das intenções de voto. Roberto Robaina (PSOL) tem 2%, Wambert Di Lorenzo (PSDB) e Érico Corrêa (PSTU) têm 1% cada um. Jocelin Azambuja (PSL) não atingiu 1%. Na única projeção feita para o segundo turno, Fortunati venceria Manuela por 48% a 38%. A pesquisa foi contratada pelo Grupo RBS e Folha da Manhã S.A. e está registrada no TRE/RS sob o número 00136/2012. Foram entrevistados 959 eleitores entre os dias 10 e 11 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.