Fortalecimento de Garotinho desagrada a Saturnino

O senador Saturnino Braga (PSB-RJ) distribuiu, nesta seggunda-feira, nota anunciando seu desligamento do diretório nacional doPSB e da Fundação João Mangabeira, mantida pelo partido."Permaneço como militante simples, soldado raso, até o fim denovembro, quando se realizará o congresso do partido", comunica o senador na nota.Ele se diz inconformado com a decisão dodiretório nacional do PSB que, segundo ele, desconsiderou a gravidade da situação nacional "e a tradição e coerência do partido naconstrução da unidade das forças de esquerda".Saturnino Braga acusa de "oportunismo eleitoreiro" a decisão de buscar votosevangélicos. Segundo ele, a decisão desprezou o que ele considera o maior patrimônio do PSB, que é sua coerência socialista "e asua respeitabilidade, dada pela sua história de firmeza ética e ideológica, que sempre rejeitou o oportunismo".A atitude deSaturnino é uma reação ao fortalecimento do governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, dentro do PSB, que, na semanapassada, realizou sua convenção nacional, sinalizando a possibilidade da candidatura de Garotinho à presidência da República naseleições de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.