Forças Armadas realizam operação conjunta na fronteira

Aproximadamente 3,5 mil homens do Exército, Marinha e Força Aérea iniciaram nesta quarta-feira a Operação Jauru 3, com o objetivo de fiscalizar os 1.290 quilômetros da faixa de fronteira com o Paraguai, desde Corumbá (MS) até Medianeira (PR).Eles têm o acompanhamento de outros órgãos de segurança, como a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e polícias militares e civis, além de órgãos de fiscalização fazendária e ambiental. A operação, que também faz parte do treinamento da tropa, não tem data para encerrar, mas permanecerá pelo menos até o dia 28.No Paraná estão concentrados dois mil homens, enquanto os outros ficam em Mato Grosso do Sul. Em Cascavel, no oeste paranaense, foi montado um centro de comunicação via satélite, ligado com o Ministério da Defesa. Uma central de rádio serve para o contato com os homens em campo. Vários batalhões do interior do Estado estão envolvidos no trabalho. Comunidades carentes da região recebem atendimento médico e odontológico.Para a contenção de crimes ambientais e contrabando de mercadorias e drogas, os integrantes da operação intensificaram a vigilância, com patrulhamento nos rios, controle das estradas e instalação de postos de bloqueio. Os homens em terra contam com o apoio de dois helicópteros. As forças militares atuam em uma faixa de até 150 quilômetros da fronteira. "A população se sente mais segura", acentuou o major Cláudio Martins, responsável pelo setor de Relações Públicas da 15ª. Brigada de Cascavel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.