Fome Zero lança programa para incentivar consumo de leite

O Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome, responsável pelo programa Fome Zero, lançou, na reunião de Fortaleza entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e governadores do Nordeste, o Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite. A meta é distribuir um litro de leite por dia a cada beneficiário do programa. Em parceria com os Estados do Nordeste e de Minas Gerais, o governo federal vai repassar recursos para incentivar o setor leiteiro. O ministério comandado por José Graziano pretende garantir a compra da produção de até 1 milhão de litros de leite por dia. Para a aquisição da produção, deverão ser investidos, neste ano, cerca de R$ 100 milhões.Os agricultores que produzem até 50 litros diários, que correspondem a 96% dos produtores de leite do Nordeste, poderão fazer parte do programa federal. Entre os objetivos do novo programa, estão a necessidade de fortalecimento da produção de leite pelos pequenos produtores e de remuneração da produção com preço justo. Serão beneficiadas crianças de zero a seis anos de idade, gestantes e mães em fase de amamentação de famílias com renda per capita menor que meio salário mínimo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.