''''Foi uma grosseira manifestação'''', diz general da reserva

O general da reserva Luiz Gonzaga Lessa, ex-presidente do Clube Militar, traduziu a insatisfação dos oficiais-generais, dizendo que o ministro Nelson Jobim fez uma "grosseira manifestação", ao ameaçar os militares, e frisou que a sua voz foi "destoante, desagregadora e provocativa". Para o general, o ministro da Defesa falou "como se a tropa fosse criança necessitada de palmadas". Lessa disse que as Forças Armadas devem respeito a Jobim, mas "exigem que sejam respeitadas e consideradas, não grosseiramente ameaçadas". Na sua avaliação, o ministro não começa bem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.