Reprodução
Reprodução

'Foi uma brincadeira com intenção de elogio', diz Serra sobre desentendimento com Kátia Abreu

Em jantar ontem, ministra teria jogado vinho em direção do senador após ele chamá-la de 'namoradeira'; em seu twitter, hoje, Kátia classificou a atitude do tucano como 'infeliz, desrespeitosa, arrogante e machista'

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2015 | 19h28

BRASÍLIA - O senador José Serra (PSDB-SP) procurou se defender, nesta quinta-feira, 10, da repercussão sobre seu desentendimento com a ministra da Agricultura Kátia Abreu, em jantar oferecido pelo senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) na noite de ontem.

"Foi uma brincadeira com intenção de elogio, mas foi mal recebida", afirmou Serra, que teria abordado a ministra durante a festa, chamando-a de "namoradeira". Segundo o senador, ele se desculpou e disse sempre ter tido respeito por Kátia.

A ministra reagiu jogando o vinho de sua taça na direção de José Serra. Outros senadores, incluindo o anfitrião, afirmaram que ambos chegaram a fazer as pazes ainda durante a festa e se cumprimentaram com um aperto de mãos.

Entretanto, hoje, por meio de sua conta no Twitter, Kátia classificou a atitude do senador como "infeliz, desrespeitosa, arrogante e machista". Segundo ela, "todas as mulheres conhecem bem o eufemismo da expressão 'namoradeira'".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.