'Foi um soco no estômago', diz Dirceu sobre doença de Dilma

Ex-ministro da Casa Civil diz que ministra vencerá problema de saúde e, em seguida, 'as eleições de 2010'

Andréia Sadi, do estadao.com.br,

28 de abril de 2009 | 16h55

A notícia da doença da ministra Dilma Rousseff foi um "soco no estômago" disse seu antecessor José Dirceu, em seu blog. Para o ex-ministro, Dilma vai superar o obstáculo e depois "vencer a maior batalha da sua e das nossas vidas, que é a de 2010". "Elegendo-se presidente do Brasil, a primeira mulher a governar o país."

 

Dilma ocupou o cargo de chefe da Casa Civil após o nome de Dirceu ter sido apontado como um dos principais envolvidos no esquema do mensalão, em 2005.

 

Ainda no blog, Dirceu afirmou que vai continuar lutando pela consolidação da candidatura de Dilma no PT, "levando seu nome para a sociedade e construindo alianças e os palanques estaduais e, principalmente, elaborando um programa de governo."

 

Em conversa reservada, logo após o aniversário de 29 anos do PT, em fevereiro, Lula pediu a Dirceu que ajude o partido a costurar alianças para sustentar a campanha da chefe da Casa Civil ao Palácio do Planalto, em 2010. O alvo principal é a conquista do PMDB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.