Fogo em barco da Justiça Eleitoral danifica urnas no AM

As urnas eletrônicas da comunidade de Cuiuanã, no Amazonas, ficaram completamente danificadas depois de um incêndio ocorrido ontem no barco que fazia o transporte dos equipamentos. O barco da Justiça Eleitoral pegou fogo por volta das 13h30 deste sábado, enquanto abastecia no Porto Degola, município de Anori, no Rio Solimões.

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 16h51

O barco da Justiça Eleitoral levava cinco pessoas: dois mesários, o presidente de mesa, um técnico, além do piloto - único ferido. Duas outras embarcações de madeira também foram atingidas pelo incêndio.

Também na noite de ontem, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargadora Maria das Graças Pessoa Figueiredo, informou a substituição das três urnas. Os novos equipamentos foram levados de barco da capital Manaus para Anori ainda na noite de ontem, onde foram lacradas.

Por volta das 6 horas da manhã deste domingo, um helicóptero fez o transporte das três urnas do município de Anori para a comunidade de Cuiuanã. O transporte aéreo foi necessário, pois a viagem de barco demora quatro horas e meia, o que prejudicaria o andamento do pleito de hoje.

A comunidade de Cuiuanã tem 214 eleitores e a votação transcorreu tranquila, segundo o TRE do Amazonas.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010Amazonas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.